Amamos a natureza e aqui você ficará em contato direto com ela...

A preservação do meio ambiente está presente em muitas atividades desenvolvidas na Pousada Juriti, através da otimização do uso dos materiais, de boa parte de itens de mobiliário, decoração e estrutura que são produzidos dentro da própria Pousada, da prioridade para materiais reciclados ou de demolição e na questão da sustentabilidade, a mão de obra é dos funcionários da Pousada e Restaurante que residem na Pousada com suas famílias quando estamos sem hóspedes ou com poucos. Alguns são feitos por profissionais terceirizados.
Da área total do terreno, que faz parte da Serra de Taxaquara – que em tupi guarani quer dizer “refúgio oculto”, somente 30% está construído, mantendo assim 70% de mata nativa preservada.
As ruas da Pousada são revestidas por bloquetes de concreto, de produção artesanal, que possibilitam que a água da chuva seja absorvida pelo terreno, evitando alagamento e acúmulo de água.
Todos os chalés possuem sistema de economia de energia, a piscina coberta é aquecida com placas de aquecimento solar e trocadores de calor, e o sistema de abastecimento de água dos apartamentos e chalés é feito a partir de poços semi-artesianos, com distribuição planejada.
As construções são feitas por equipes locais e da própria pousada, com materiais em grande parte reciclados ou de demolição, diminuindo assim o descarte de toneladas de materiais como ferro, aço e alumínio, dentre outros.
O lixo é descartado de maneira ecologicamente correta: é separado, e todos os materiais que podem ser reciclados, como garrafas pet, sacolas plásticas, vidro e papel são encaminhados para empresas especializadas ou reutilizados no próprio local. Os restos orgânicos são direcionados para criação de porcos.
O sistema de esgoto também está sendo trocado para um sistema ecológico: os resíduos líquidos são tratados de forma a serem reutilizados caso possível, ou para que quando sejam lançados no meio ambiente, estejam isentos de gordura. Até 2013 todos os apartamentos e chalés terão seu esgoto funcionando nesse novo sistema. Cerca de 60% desse sistema já está implantado e funcionando satisfatoriamente.